Cadê o CP? Ciências do Estado.

Corra, pois já temos o QUINTO depoimento do nosso Tópico Temático Mensal Cadê o CP? 🔍 ——————————————-

BEATRIZ BRITO – CIENCIAS DO ESTADO UFMG

Bom, desde novinha já gostava de ir à Praça dos Três poderes da minha cidade. Às vezes, passeando pelo centro, sempre fazia questão de dar uma voltinha por lá, só pra ver o ambiente. O envolvimento do meu pai no movimento sindicalista também me fez aproximar e aumentar meu gosto pela política. Então comecei a pensar que quando eu crescesse, queria trabalhar na prefeitura. Não sabia que existia um campo de públicas e foi na mostra da UFMG (logo após assistir a palestra do curso de direito), que conheci Ciências do Estado! Na salinha conversando com uma das alunas que estava falando sobre o curso, perguntei: esse curso dá pra trabalhar na prefeitura? E ela me confirmou. Passei e ingressei, e morando em BH, aprendi que o Estado era muito mais do que a prefeitura.

Durante o curso, fiquei um pouco desiludida com o que é ambiente acadêmico, a novidade que era o curso, que me cansava ter que explicar o que era, sendo que nem eu mesma sabia.

Comecei a estagiar no segundo período na Assembleia e logo no próximo período, veio toda a confusão de que iriam fechar o curso. Foi barra. Dois anos na Assembleia, fui ser estagiária na Imprensa Oficial, e com pouco tempo lá fui contratada para trabalhar no setor de compras. Muito trabalho e muito aprendizado durante todo o tempo que estive lá! Licitação é um mundo gigante! Com a última reforma do Governo de Minas, a Imprensa Oficial foi extinta e tornou-se Subsecretaria da Casa Civil e a sua parte gráfica foi cedida pra a Prodemge! E cá estou, desde o início de 2017, trabalhando também no setor de compras.

Sobre o mercado, é muito complicado pensar sobre como se inserir nele. São poucos alunos de CE que estão trabalhando na área. O desconhecimento do curso dificulta muito para que este quadro melhore. Lembro ao final do meu discurso de oradora da turma de 2014, que falei: “Encerro, desejando aos formandos sucesso na vida profissional, aos familiares e amigos, compreensão, especialmente com o início da carreira dos novos cientistas e aos gestores e professores, desejo que continuem evoluindo na construção do curso de Ciências do Estado, que alie qualidade técnica e engajamento social.”

E esse meu desejo continua até hoje!

Publicado originalmente no antigo site da FENECAP na plataforma Wix em 11 de junho de 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: