Uma década construindo esperança.

Poucos são os momentos que transformam o futuro de uma nação. Tenho clareza que a

fundação da FENEAP foi um desses raros momentos, em que a convergência de valores

entre lideranças estudantis possibilitou a criação de um espaço novo para articular

decisões e ações pelo fortalecimento da administração pública do País.

 

Dia 08 julho de 2007 datou a assinatura da Carta de Floripa por mais de 100 estudantes

reunidos na Plenária Final do ENEAP 2007 no Hotel Morro das Pedras, Sul da Ilha de

Santa Catarina. O que dizia essa carta era o manifesto de fundação da FENEAP. Nada de

eleição de diretoria ou definição de detalhes estatutários. O dia 08 de julho foi apenas o

momento de uma grande escolha, a decisão de fundar a FENEAP. 

 

Aquele dia foi marcado também pela escolha de Ouro Preto como a sede do ENEAP 2008. Já estávamos com um caminho traçado para institucionalizar as nossas decisões.

Impossível não citar aqui nomes como o do Felipe Dagostini (SC), Flávia lo Bueno (MG),

Rodrigo Itiúba (BA), Camila Neves (MG), e Amanda Garcia (SP). Foram pessoas que

empreenderam ações fundamentais para a criação e o fortalecimento da FENEAP.

 

No início, tivemos que enfrentar muita resistência para comprovar a relevância de um

ensino específico para os administradores públicos. Talvez isto ajude a explicar muito da

fundação da FENEAP. Nosso desafio sempre foi duplo: afirmar a cultura do nosso curso e transmiti-la para as futuras gerações. Após 10 anos de fundação da FENEAP, os cursos

se proliferaram pelo Brasil. Foi uma grande vitória, mas ainda resta um enorme desafio

para garantir a continuidade e a qualidade desses cursos.

 

Muitos professores especiais sempre motivaram as nossas ações para consolidação do

Campo de Públicas. Acredito que os valores democratizantes que tentamos imprimir desde o início da FENEAP foi o que permitiu a continuidade e o sucesso dessa grande

instituição, com toda sua importância estratégica para o futuro da sociedade brasileira.

 

O momento pelo qual passamos hoje no Brasil traz para o cotidiano de toda a população aquela reflexão que sempre foi tão essencial para nós administradores públicos, que é a necessidade de sermos uma sociedade preparada para formar quadros de liderança com um perfil equilibrado, profissional, ético, democrático, transparente e representativo.

 

A FENEAP existe para resguardar a esperança. Como disse a Presidenta Bella Tibúrcio,

“às vezes nós mesmos não compreendemos o tamanho do nosso potencial.” A FENEAP foi criada para nos lembrar desse papel estratégico que temos para o desenvolvimento do nosso País. De tempos em tempos, aquela certeza esquecida aparece novamente em

nossos sonhos: Vamos lá! Ainda resta muito o que fazer!

 

Urussanga, 15 de julho de 2017.

 *Texto escrito por Leandro Damásio

Publicado anteriormente no antigo site da FENECAP na plataforma Wix em 11 de junho de 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: